A importância do nome – identidade

Untitled-7

Vivemos em um ambiente alfabético e a criança desde muito cedo aprende a perceber as letras, códigos e imagens que nos cercam. Quando entende que pode representar o próprio nome, essa é uma das mais importantes descobertas, pois além de compor um conjunto de letras que a representa como indivíduo e ao mesmo tempo um ser social, inicia uma conquista no mundo das letras.

O próprio nome fala muito a respeito de si, da sua identidade, da sua família e da sua história.

Um dos conhecimentos mais importantes a cerca do próprio nome e do nome dos colegas é de que a escrita de palavras possui uma ordem não-aleatória dentro do conjunto de letras, permitindo que o educando vá percebendo aos poucos parte do funcionamento do sistema alfabético de leitura e de escrita: quantidade, variação, posicionamento e ordem das letras, além do valor sonoro de cada uma.

A partir do próprio nome o estudante entende que também os objetos existentes a sua volta recebem uma identificação e que palavras faladas podem ser representadas graficamente, por desenhos ou letras. Identificar pessoas e objetos por nomes compartilhados por todos faz parte de um saber social de uma determinada cultura.

Trabalhar para que seu aluno conquiste a escrita e a compreensão do próprio nome momentos importantes de reflexão sobre o desafio de entender o que as letras representam, o que elas substituem e como funcionam dentro do sistema alfabético.

 

Assim, numa atividade de alfabetização em que se oportuniza a escrita do nome como a apresentada no vídeo … é possível ter como objetivo:

1) Desenvolver a capacidade de aprender, tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura e da escrita;

2) Compreender o ambiente social, das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade;

3) Fortalecer os vínculos de família, dos laços de solidariedade humana em que se assenta a vida social;

4) Apropriar-se do sistema de escrita alfabética;

5) Compreender que palavras diferentes compartilham certas letras;

5) Perceber que palavras diferentes variam quanto ao número, repertório e ordem de letras;

6) Perceber que as vogais estão presentes em todas as sílabas;

7) Escrever o próprio nome.

 

Outras sugestões de atividades com o nome:

1)      Autorretrato

Apresentar aos alunos alguns autorretratos e respectivas fotos de artistas famosos. Pedir que observem semelhanças e diferenças (cores, formatos, tamanhos etc) entre as fotos das pessoas e como idealizaram seus autorretratos.

Em seguida solicitar que observem seus rostos em um espelho e peça que se desenhem como uma obra de arte. Cada um deve “assinar” sua obra.

Cada criança pode falar sobre sua ordem identificando o autor do autorretrato e contando um pouco sobre a história do seu próprio nome.

2)      Crachá:

Para uso na sala – Solicitar que a criança confeccione em um retângulo de cartolina um crachá de mesa escrevendo seu nome com letra imprensa ou cursiva. Pode inserir um desenho que a represente.

Para uso fora da sala – criar um crachá que possa ser pendurado no pescoço por um barbante.

É possível utilizar os crachás futuramente em um quadro de pregas como lista de chamada.

3)      Comparando nomes:

Utilizar o cartaz de pregas de presença os alunos para que eles comparem seus nomes colocando-os em diversas ordens, do maior para o menor e vice-versa, contar e comparar a quantidade de letras. Aproveitar para deixar evidente que o tamanho do nome nem sempre é compatível com o tamanho da pessoa e que isso também ocorre com animais e objetos.

4)      Bingo dos nomes:

Dividir uma folha de papel em branco em 5 (ou mais) partes

Pedir que a criança escreva o seu nome e de mais 4 colegas.

Sortear nomes aleatórios dos alunos.

A criança que tiver o nome escrito vai marcando ponto.

Quem completar sua cartela primeiro vence o jogo.

5)      Acróstico:

Organizar a turma em grupos.

Cada criança escreve o seu nome na vertical, colocando uma letra em cada linha.

A partir de cada letra inicial em cada uma das linhas, os colegas dizem algumas qualidades da criança que vão sendo escritas nesta listagem.

Bom trabalho!


 Curta o TOPP no facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *