17 Dicas para professores iniciantes

1466188061_dicas-para-professores

Às vésperas da primeira aula, um professor pode ter algumas reações desagradáveis, como ansiedade e medo. O novo professor também pode acreditar que é tímido, e ter dúvidas quanto ao seu desempenho em sala. Veja agora, algumas dicas para te ajudar a ter uma melhor performance nesses momentos:

1 Não seja o centro das atenções
Os melhores professores são aqueles que guiam, dividem o que sabem, e não se tornam o centro das atenções. Os estudantes é que são o objetivo final de tudo.

2 Estude os seus alunos
Você precisa conhecer o seu grupo, saber quem são as pessoas que você vai ensinar. Os talentos, os defeitos, as riquezas.

3 Alunos podem procurar desafios desde que você dê segurança a eles
A aprendizagem às vezes determina alguns riscos. Se você for capaz suficiente de dar segurança e confiança a seus alunos eles poderão seguir e correr estes riscos. Os alunos precisam saber que você confia neles e que eles podem confiar em você.

4 Excelentes professores são aqueles que ensinam com paixão
A diferença entre um bom professor e um excelente professor está exatamente na paixão com que eles atuam e não no conhecimento ou experiência. Paixão pelo material, pelo programa, pelo ensino. O desejo é contagioso.

5 Estudantes aprendem quando os professores mostram o quanto eles precisam aprender
Os alunos não têm a ideia exata do que é realmente importante e o que poderão ter de benefício com a aprendizagem. Será seu papel mostrar, dividir, ensinar e praticar com eles.

6 Mantenha o seu programa claro e simples
Uma das grandes funções de um mestre é fazer as coisas complicadas parecerem simples. A grande ação de um grande líder é exatamente fazer com que seus seguidores lhe entendam.

7 Aprenda com os alunos
Algumas vezes, a melhor resposta que você pode dar a seus alunos é “não sei”. Ao invés de perder credibilidade você mostrará humildade e reconhecimento. Mas não se esqueça de pesquisar com eles e sanar a dúvida.

8 O ensinamento começa do coração
A melhor forma de ensinar não é uma fórmula, é algo pessoal. Diferentes pessoas ensinam a mesma matéria de forma diferente porque são diferentes e vêem o mundo de forma diferente. Nós ensinamos o que somos. O ato de ensinar requer coragem para explorar o sentimento de identidade.

9 Pare de falar, comece a escutar
Dê espaço para seus alunos se manifestarem. Isso mostra o valor que você dá a eles. A linguagem do escutar é muito importante e dá a você um feedback do seu programa.

10 Deixe seus alunos ensinarem uns aos outros
Você não é a única pessoa com quem eles podem aprender. Eles também podem ajudar uns aos outros. Mantenha um ambiente propício para a troca.

11 Ensine de maneiras diferentes
Dentro da sala de aula há espaço para diversas estratégias de ensino e dinâmica.

12 Descanse
Você sempre vai encontrar novas coisas para fazer, por isso aprenda a estabelecer limites para o tempo em que permanece na escola.

13 Planeje e respeite seu tempo
Há momentos para alunos, para reuniões e para os pais. Mas também deve haver um período pessoal, onde você possa ver e responder seus e-mails, almoçar, etc.

14 Faça contatos e aprenda
Bons profissionais estão sempre em busca de novas informações e oportunidades. Faça isso com uma rede de contatos e leituras diárias, por exemplo. Fique conectado com sites e outros recursos que ofereçam material relevante para seu desempenho.

15 Determine o que você avalia
É óbvio que os professores devem saber o que avaliam e quando avaliam, mas, algumas vezes, os educadores parecem esquecer ou perder o foco naquilo que devem realmente avaliar. Saiba determinar qual é a avaliação que você deve fazer, para quem, com qual foco e em que hora.

16 – Seja criativo no uso de recursos didáticos
Por mais que seja mais fácil adotar o sendo comum, é importante que saiba que quanto mais a aula for criativa, mais os alunos vão ficar impressionados e interessados no conteúdo. Existem diversos recursos que podem ser utilizados ao seu favor, portanto, veja-os como aliados. Slides, vídeos, debates, palestras, visitas, exercícios, estudos de casos, dinâmicas e exemplos práticos são ótimos para tornar a aula diferenciada e muito mais atrativa.

17 – Aprenda com profissionais experientes
Outra dica muito importante é manter contato frequente com outros professores que considera ótimas referências. Aprenda a ouvi-los e se mantenha sempre atento aos seus atos. Se mostre sempre interessado em evoluir e aos poucos verá a diferença no seu trabalho.


 Curta o TOPP no facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *