Como as crianças utilizam a curiosidade para aprender facilmente

kids

A criança nasce com uma sabedoria intrínseca própria que pode ser avaliada por muitos simplesmente como intuitiva, mas na verdade, essa intuição é um conhecimento muito real. Digo porque muitas das habilidades infantis, como a de buscar meios para entender o novo, testar o acerto (mesmo após inúmeros enganos) para se chegar a uma solução, arriscar-se sem medo de “errar”, são preceitos básicos para o sucesso, e as crianças as demonstram descontraidamente. Lembrando que sucesso é um conceito bastante amplo e flexível.

Contudo, ao longo da vida escolar, os pais e professores, na boa intensão de educar crianças, praticamente acabam por restringir-lhes suas experiências maravilhosas, reforçando um padrão de comportamento social que lhes impede de crescer como seres humanos, para atender interesses de uma economia falida e já tão incorporada que nem questionada não chega a ser.

É preciso pensarmos criticamente e vermos além do que está posto, permitir que crianças continuem curiosas. Já dizia Rubem Alves que não há nada que ofereça melhor oportunidade de aprendizado a uma criança do que um “Jardim”. E o que é um “Jardim”? Um “Jardim” é um mundo de descobertas, sejam espontâneas ou dirigidas. A partir da experiência de trocas entre si, as crianças podem desenvolver ainda mais essas habilidades naturais e novas competências.

No Jardim é possível intrigar-se, pesquisar, planejar, criar, trocar, dialogar, construir, solucionar, propor, reconstruir, e todas estas, habilidades de empreender, e ali, entre tantas atividades, o professor, observar, sugerir, avaliar e levar para outros ambientes, que pode até ser a sala de aula, novas questões geradoras de curiosidades. Fazer crianças reviverem as situações que experimentaram, pensarem sobre o que vivenciaram e até mesmo sistematizarem em forma de desenho, colagens ou histórias aquilo que aprenderam naquele contexto, reelaborando conceitos didáticos anteriormente planejados pelo docente.

Veja alguns exemplos e saiba mais, lendo o texto “Como los ninos utilizan la curiosidade para empreender” disponível em:

http://www.youngmarketing.co/como-los-ninos-utilizan-la-curiosidad-para-emprender/

 


 Curta o TOPP no facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *