Como despertar o gosto pela Leitura nos seus Alunos

i488047

Quando o assunto é o gosto pela leitura… existem dois principais responsáveis: a família e os PROFESSORES. Este segundo, deve ter dois tipos de atitudes, uma passiva e outra ativa.

ATITUDES PASSIVAS

As atitudes passivas são todas aquelas que tenham como objetivo criar um ambiente no qual o aluno sinta-se envolvido pelo mundo dos livros e da literatura sem, contudo, ver isso como uma obrigação.

– Na sala de aula, reservar um lugar (ou vários) para colocar livros

– O professor como exemplo de leitor

 

ATITUDES ATIVAS

As atitudes ativas são aquelas efetivamente desempenhadas pelo professor de forma a criar uma interação entre os alunos e a leitura.

– Apresentar textos de interesse dos alunos e destacar a utilidade da literatura

– Organizar atividades a partir da leitura e fazer relações internas e externas

(Chamo de relações internas aquelas feitas entre a literatura e a própria literatura. Se um livro faz menção a outro, comentar sobre esse outro. Se um autor tem alguma relação com outro (Luis Fernando Veríssimo com Érico Veríssimo, por exemplo), comentar sobre essa relação, estabelecer diferenças, destacar influências, tornar a questão humana, não só objeto de estudo).

Muitas das atividades sugeridas podem ser adaptadas e utilizadas para quaisquer livros:

1. Fazer a leitura em voz alta de alguns capítulos da obra: alunos e professor intercalando a leitura e criando curiosidade quanto ao resto da história. É muito mais divertido que uma leitura solitária;

2. Jogo de incorporação à leitura: escolhemos um capítulo ou trecho e fazemos algumas marcas no texto (a cada duas ou três linhas). Um aluno inicia a leitura em voz alta e, seguindo uma ordem estabelecida antecipadamente, um novo aluno começa a ler a cada marca do texto, até que todos estejam lendo juntos;

3. Feira de leitura: o grupo encarregado da atividade anunciará — como faziam os leiloeiros antigamente — que em determinada hora e lugar será feita a leitura de certo trecho do livro. Também farão cartazes anunciando o grande acontecimento;

4. Leitura dramatizada: um grupo prepara a narração de algum capítulo da obra para contar aos outros (ao ar livre), utilizando imagens sequenciais dos fatos. Os narradores podem vestir-se conforme o estilo da época e pode-se encenar alguns personagens;

5. Leitura musical: cada grupo fica responsável por um capítulo e escolhe uma música que combine com o trecho a ser lido. Durante a leitura podem ser feitas pausas para ouvir a música, que ficará de fundo para os narradores.

6. Brincar com personagens:

  • Imaginar como são, desenhá-los, descrevê-los;
  • Procurar fotos dos personagens na internet e montar um mural. Depois ler em voz alta algumas falas para ver se os alunos descobrem de que personagem são;
  • “Quem é quem?” com os personagens do mural. Dividir a sala em dois grupos pode ser divertido aqui.
  • Desfile de modelos: entregamos a foto de um personagem e os alunos devem descrevê-lo utilizando comentários como se fosse um desfile de moda;

7. Escolher um capítulo e adaptá-lo para linguagem teatral.

Muitas outras atividades podem ser criadas.

Chamo de relações internas aquelas feitas entre a literatura e a própria literatura. Se um livro faz menção a outro, comentar sobre esse outro. Se um autor tem alguma relação com outro (Luis Fernando Veríssimo com Érico Veríssimo, por exemplo), comentar sobre essa relação, estabelecer diferenças, destacar influências, tornar a questão humana, não só objeto de estudo.

Enfim, essas são só algumas ideias para estimular o gosto pela leitura. Espero que dê certo e ótimas histórias para vocês!

Leia, abaixo, outras DICAS interessantes!

Como incentivar seu Aluno na Hora da tão temida Prova?

14 dicas para iniciar sua carreira de forma excelente.

 

Link original: http://www.lendo.org/despertar-gosto-leitura-literatura-dicas-para-professores/


 Curta o TOPP no facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *